Videplast
Selecione a linguagem: ENGLISH ESPANOL

Novidades

Rede varejista norte-americana acredita que o bom ao ambiente é a redução do desperdício.

Plástico é mais barato que o papel!

Rede varejista norte-americana acredita que o bom ao ambiente é a redução do desperdício

A rede varejista norte-americana Supervalu Inc. acredita que poupará milhões de dólares por ano, ao fazer com que sejam colocados mais itens em cada sacola, ou que nem se usem sacolas. A empresa paga US$ 0,02 por sacola plástica e US$ 0,05 pelos de papel. A varejista, que opera as redes Albertsons, Acme Markets e Jewel-Osco, usa mais de 1,5 bilhão de sacos plásticos e de papel por ano em cerca de 1.100 lojas, sem contar as varejistas de desconto Save-A-Lot, onde os clientes trazem ou pagam pelas sacolas. Outras redes de supermercados há muito ensinam aos empregados técnicas de empacotamento e procuram cortar o uso de sacolas. A iniciativa tem seus riscos. A rede de Rochester, Nova York, que tem 77 lojas, adotou uma sacola maior, mais resistente, para aumentar o número médio de itens por pacote, mas os clientes reclamaram que as sacolas cheias ficavam pesadas demais, diz a porta-voz Jo Natale. No ano passado, a Wegmans voltou para uma sacola maior, e este ano está testando uma sacola ainda maior, que inclui 40% de plástico reciclado. Alguns clientes da Supervalu podem resistir ao plástico, mas a rede promove seu uso por ser mais barato que o papel. De qualquer forma, as redes entendem que o bom ao ambiente é a redução do desperdício, o que inclui a ênfase na reutilização. A cadeia põe em média três a cinco itens numa sacola, seja de papel ou plástico, e vende cerca de 10 bilhões de itens por ano. Desde meados de 2009, ela aumentou o número médio de itens por sacola em cerca de 5%, poupando de US$ 4 milhões a US$ 6 milhões/ano. Informou o The Wall Street Journal.

 www.abief.com.br

Últimas Novidades

©2013 Videplast
Todos os direitos reservados Produzido por BRSIS